segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Sim, o amor é um verbo

Vocês já ouviram falar que o amor é um verbo? Pois é, ultimamente tenho escutado muito uma música que fala isso, e que inclusive já postei um vídeo aqui no blog dessa música. (Love is a verb)  E eu parei para imaginar o porquê do amor ser um verbo, e comecei a “viajar” nos pensamentos chegando a uma conclusão, e queria expor meus pensamentos, como sempre.


Se você for ao dicionário da língua portuguesa e procurar o que a palavra “verbo” significa, você vai encontrar que elas são palavras que indicam processos... Ação. Meus professores sempre me falaram que os verbos são palavras que indicam ação, assim como o substantivo nomeia o ser, o adjetivo qualifica, o verbo tem a função de indicar uma ação.

Nossa! Não sei pra vocês, mas quando liguei uma coisa à outra, muitas coisas fizeram sentido na minha mente. Afinal se o amor é um verbo, ele também indica ação assim como o verbo faz. E é aqui onde eu queria chegar.


O amor quando compartilhado por um casal, requer ação. Ação por parte dos dois, tanto do homem quanto da mulher, afinal, não se consegue chegar a lugar nenhum remando sozinho, é preciso um esforço pela parte dos dois. E essa “ação” quer dizer muita coisa. Quantas vezes já escrevi aqui sobre a importância de um querer fazer o outro feliz? (Claro que sempre respeitando os limites) Mas repare que se não houver esse tipo de ação dos dois lados, um vai ficar muito feliz e o outro vai ficar sentindo falta do que ele oferece com perfeição.

Alguns casais têm certa facilidade no namoro, o que é uma bênção, contudo, muitos outros têm várias limitações em seus relacionamentos. Isso envolve questões financeiras, geográficas, questões de personalidade, de ideais... Mas se há amor, com o tempo essas limitações já não são mais nada. Porque havendo amor, há ação. O importante é que você faça algo para manter seu relacionamento sadio. É abster-se de algumas coisas, empenhar-se em outras, confiar, esperar... sim, esperar é uma ação, a segunda mais importante. Mas perceba que só citei verbos, porque indicam ações.

Se você quiser um relacionamento duradouro, sem grandes discussões, entre outras coisas, você precisa agir. Agir para beneficiar o seu relacionamento, mesmo que para isso você precise sacrificar certas coisas. Contudo, coloque tudo em uma balança e perceba o que realmente vale a pena abrir mão por um relacionamento. Eu por exemplo jamais abriria mão de Deus por causa de um relacionamento, mas enfim.

Contudo, queria ressaltar a mais importante das ações, que não por acaso também é um verbo: Orar! Sem essa ação, seu relacionamento pode estar correndo um grande perigo. É necessário oração tanto antes de um relacionamento começar, quanto durante todo o relacionamento. Nunca pare de orar, esteja sempre pedindo a Deus para cuidar dos dois, manter firme este amor, e eu tenho certeza que seu namorado(a), noivo(a), esposo(a), ficará extremamente feliz de ver essa ação da sua parte, pois essa é a maior, melhor e mais necessária ação.

Sim gente, o amor é um verbo, é uma ação. Se ficarmos parados um dia ele pode “morrer”.

que Deus nos abençoe

Lucas Alves

2 comentários:

  1. Awwn, ameei seem palavras luquiinhas *-* Deus te abençoe mais e maiis (: Beijos

    ResponderExcluir
  2. Esse texto tá maravilhoso, eu amei!
    Parabéns Luquinhas :D

    ResponderExcluir